CORPO DA RESSUREIÇÃO

  • O Corpo Iniciático

    T. Palamidessi OS OBJECTIVOS DA ORDEM INICIÁTICA LÓTUS+CRUZ

    Na formação de uma Ordem iniciática, o Fundador, alimentado pelos seus discípulos, cria um Corpo Causalartificial, que denominamos “Corpo de Graça”. Este chama ao redor de si outras energias do mundo mental, astral e etérico, as mesmas energias das quais é feito o homem mortal: energias que à visão ultrafânica são coloridas como a aura humana.
  • RESSURREIÇÃO DO CORPO E PARUSIA DE CRISTO

    T. Palamidessi OS OBJECTIVOS DA ORDEM INICIÁTICA LÓTUS+CRUZ

    Os Arqueósofos e todos os despertados que se uniram com a Ordem Iniciática Lótus+Cruze á volta dela, preparam-se à Parusia de Cristo, ao Juízo Universale à Ressurreição da carne, como tem sintetizado o Credo.
  • OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    TOMMASO PALAMIDESSI

    OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    Décimo Caderno

  • DEFINIÇÃO ESOTÉRICA DO “CORPO DA RESSUREIÇÃO”

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    No “Credo Apostólico” existe uma expressão que á primeira vista lembra inaceitável para a mentalidade positiva ordinária, mas examinada á luz do esoterismo, ou seja do Cristianismo integrale portanto da doutrina do “Guardião do Limiar”, torna-se uma grande verdade: “ Creio...na ressurreição da carne, a vida eterna. Amem
     
    Este passo – ressurreição da carne – merece toda a nossa atenção porque se trata da escatologia e do “corpo da ressurreição”, ou seja do fim do mundo como ciclo cósmico e do destino dos homens. Quem não é o caso de citar as numerosas obras dos Padres e os passos do evangelho a testemunha da revelação sobre a ressurreição de todos os corpos dos mortos bons e maus no fim dos tempos, para ser ajudados por Jesus Cristo e receber o prémio ou o castigo eterno.
     
    No Velho Testamento a Revelação desta verdade é progressiva, mas após a vinda de Cristo o fenómeno da ressurreição dos corpos, ou seja o reajuntamento, pela virtude divina, da parte inferior do composto humano com a alma imortal(Ego), é declarada com a mesma sentença de Mateus,22:23-32, Lucas,20:27, Actos.4:1-2, Actos,23:8.
     
    Jesus define também as propriedades e dotes destes corpos, nos termos: “Á ressurreição...não se esposa nem se casa, mas se é como anjos de Deus no céu.” No mistério da ressurreição da carne, é dos corpos da ressurreição, dos Guardiões do Limiar que se fala, e que são a mesma coisa.
     
    O Ego dos indivíduos retomaram estes corpos subtis, elementais, quando houver o Juízo final: corpos que para os Iniciados do Alto serão belos, harmoniosos, luminosos de uma luminosidade gloriosa, mas disformes, horrendos de uma luminosidade sinistra, patológica, para o Ego surpreendido pela morte e pela ressurreição quando se encontravam ainda no estado pouco evoluído, malvado, dos horrores e das trevas.
  • Os Corpos da Ressurreição e os Guardiões do Limiar

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    No mistério da ressurreição da carne, é dos corpos da ressurreição, dos Guardiões do Limiarque se fala, e que são a mesma coisa. O Ego dos indivíduos retomaram estes corpos subtis, elementais, quando houver o Juízo final: corpos que para os Iniciados do Alto serão belos, harmoniosos, luminosos de uma luminosidade gloriosa, mas disformes, horrendos de uma luminosidade sinistra, patológica, para o Ego surpreendido pela morte e pela ressurreição quando se encontravam ainda no estado pouco evoluído, malvado, dos horrores e das trevas. Já temos explicado a quais transformações é sujeito o fantasma ou o futuro corpo da ressurreição da parte do Ego que procede até á purificação.
  • PROPRIEDADE E DOTES DOS CORPOS RESUSCITADOS

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    Os corpos daqueles que ressuscitarão, ensinam as Escrituras, gozarão de prerrogativas naturais e além naturais:
    1. a imortalidade (prerrogativa além natural), asseverada com clareza em I Corinzi, 15:53, Lucas,20:35, Apocalipse,21:4, extensa também aos corpos dos danados;
    2. a integridade (prerrogativa natural), implicando a restituição dos membros, a distinção dos sexos e a perfeição dos sentidos;
    3. a prestância e beleza física (prerrogativa natural).
    Os corpos gloriososdos quais fala S. Paulo tinham quatro dons totalmente sobrenaturais (I Cor.15:42-44):
    1. incorruptibilidade ou impassibilidadederivada pela perfeita submissão do corpo á alma, pelo qual serão preservados de quaisquer dor (cfr. Isaias,25:8;69;10; Apoc.7:16-17;21:4);
    2. a clareza: os corpos dos santos reflectem a luz, o esplendor interior da alma, pelo qual no corpo serão conformes ao Verbo Incarnado, justas as palavras de Cristo e das Tradições (Mateus, 13:43; Sapiência3:7; Daniel,12:3): “Então os justos esplenderão como o sol no Reino do seu Pai.”;
    3. a agilidade, pelo qual o corpo do santo, uma vez livre do natural peso (imponderabilidade), poderá transferir-se rapidamente de um ponto ao outro do cosmos (Isaias,60:31; S. Agostino, Serm. 242:3): este fenómeno terá para a total submissão do corpo á alma, que opera não como forma mas como motor;
    4. subtilezae faculdadede penetrar tudo: o corpo glorioso penetra, sem dificuldade e sem mutua lesão, os outros corpos do Universo.
  • ONDE ANDAM OS RESSUSCITADOS COM O NOVO CORPO DA RESSUREIÇÃO?

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    A peregrinação dos espíritos, seja no além ou neste mundo, se desenvolve sempre aqui dentro na terra, sobre a terra e acima dela há uma certa altura. O planeta terra tem vivido muitos renascidos, e tantos haverá ainda. Os seus períodos são sete:
    1. o período de Saturno;
    2. o período do Sol;
    3. o período da Lua;
    4. o período da Terra;
    5. o período de Júpiter;
    6. o período de Vénus;
    7. o período do Vulcão.
    É bom dizer já que os subditos Períodos não têm alguma referência com os homónimos planetas que se deslocam em torno do Sol conjuntamente á Terra na sua órbita.
     
    Os Períodos são somente as reincarnações passadas, presentes e futuras da nossa Terra. Os primeiros três períodos são já passados, e agora estamos no quarto, o período da Terra. Uma vez completado este Período Terrestredo nosso globo, nós passaremos sucessivamente para as condições dos Períodos de Júpiter, Vénus e Vulcano, antes que termine o septenário da Manifestação.
     
    A ressurreição dos corpos haverá na passagem do Período da Terraao sucessivo Período de Júpiter, sempre sobre o nosso globo que haverá mudado condições geológicas e biológicas. Em tais condições os danados terão ainda as possibilidades de redenção.
  • O MISTÉRIO DO GOLGOTA E A VISITA DO GRANDE GUARDIÃO

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    Quando a purificação do Ego é perfeita, e por acção reflexa o é também aquela do “corpo de desejo”, então no instante da morte ou em outros momentos da vida terrena, o Guardião se apresentará como Anjo de Luz.
  • OS SETE PERIODOS EVOLUTIVOS, AS REENCARNAÇÕES DA TERRA

     

     

    A. Benassai CRÓNICAS DE CIVILIZAÇÕES DESAPARECIDAS

    “A peregrinação dos espíritos, seja no além seja aqui, ocorre sempre dentro da Terra, na Terra e sobre ela a uma certa altura. O planeta Terra teve muitos renascimentos, e terá muito mais. Os seus períodos são sete:

    1. o Período de Saturno;
    2. o Período do Sol;
    3. o Período da Lua;
    4. o Período da Terra;
    5. o Período de Júpiter;
    6. o Período de Vénus;
    7. o Período de Vulcão.
  • A RESSUREIÇÃO E O SIGNIFICADO DAS PALAVRAS DE JESUS MORRENDO CUCRIFICADO

    T. Palamidessi COMENTÁRIO ESOTÉRICO AOS QUATRO EVANGELHOS

    Existe um momento da vida de Jesus, pregado ao lenho da cruz, denso de significados que a humana incompreensão dos racionalistas toma como aceno para inferiorizar contra a humanidade de Cristo perto da morte. Pois bem, nós o queremos examinar nos seus particulares para provar ainda uma vez a Divindade de nosso Senhor e a sua potência. Antes de entrar no argumento, convém examinar outros passos clarificadores.

  • VIDA SEXUAL E ITENERÁRIO INICIÁTICO

    T. Palamidessi A MEDITAÇÃO SOBRE A ESFERA SEXUAL E A ASCESE

    Para sair do labirinto da existência; para desencalhar-se do eterno fluxo e refluxo da vinda cósmico e libertar-se das leis da causa e efeito (destino, Karma) que determina a nossa responsabilidade até Deus, a Humanidade e a Natureza; para quebrar a cadeia das inumeráveis nascidas e mortes, encontrar a paz, a sapiência e a beatitude, urge conhecer e seguir um bem preciso itinerário.

Contacta-nos

Para entrar em contato com Arqueosófica, por questões relativas à atividades ou ao material da escola, pode deixar uma mensagem aqui. Adere á Arqueosófica e difundam a Arqueosofia para a salvação daquilo que na actual sociedade mundial é ainda possível salvar.