GUARDIÕES DO LIMIAR

  • OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    TOMMASO PALAMIDESSI

    OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    Décimo Caderno

  • O CAMINHO EVOLUTIVO SEGUNDO O CRISTIANISMO ESOTÉRICO

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    Os “Guardiões do limiar” são as aparições sintomáticas que indicam as características do caminho evolutivo de uma consciência e assinalam a que ponto desta evolução interior se encontra um indivíduo.
  • DISSOCIAÇÃO PSIQUICA, LIBERDADE E APARIÇÃO DOS GUARDIÕES

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    Quando uma alma nasce num corpo, pode dar-se que tenha feito o seu trabalho de catarse (purificação) já numa outra vida, e tenha desenvolvido os sentidos espirituais. Neste caso a pessoa que vem ao mundo tem já alcançado, por estes precedentes exercícios, um estado particular de “dissociação”, de “separação” que é uma transformação conexa a determinados processos evolutivos das três propriedades fundamentais da Alma ou Ego: Querer, sentire pensar.
     
    A dissociação, o desligar-se, o separar-se do sentir, pensar e querer, comporta o ganho da liberdade, a plena posse do livre arbítrio. A alma, antes de tornar-se vidente no sentido superior, era guiada por seres cósmicos superiores, mas após a separação não tem mais quem a guie, é livre de assumir a direcção de si.
     
    Por isso o indivíduo é exposto a vários perigos, como uma criança não vigiada pela ama. Uma vez separada a personalidade ocorrem insólitos fenómenos: a aparição do “Guardião do Limiar”. Se antes os três princípios do Ego (Espirito, Alma emotiva e Alma erosdinâmica) estavam estritamente ligados ao corpo mental(superior e inferior), ao corpo dos desejos, ao corpo emocional(astral), ao corpo etéricoe ao corpo físico com as suas próprias energias vitais, após a separação cada parte faz a si, e quando uma não se comporta em harmonia com a Lei, o equilíbrio não se restabelece por via automática, mas restabelece-se pelo Ego não apenas se revela um dos veículos nomeados. A rebelião se efectua com a aparição de um fantasma, de uma entidade admoestadora, definida pela tradição arqueosófica: o “Guardião do Limiar”.
  • OS GUARDIÕES DO LIMIAR DOS MUNDO SUPRA SENSIVEIS

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    A ascese aos mundos superiores é acompanhada pelo encontro com o famigerado “Guardião do Limiar”, uma das mais ameaçadoras e importantes experiências de quem se cimenta nos trabalhos iniciáticos, que os antigos Filósofos do Hermetismo definiram “Fadigas de Hércules”, certo o ensinamento esotérico da Mitologia grega.
  • Guardião do Limiar e reencarnação

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    A segunda aparição do “Guardião do Limiar” tem-se numa outra circunstância que agora examinaremos: Quando os desejos e os poderes da paixão são tão intensos que, uma vez vinda a morte, o vestido dos desejos (Corpo do desejo) feito de matéria astral, resiste na região emocional(chamada em sânscrito Kâma Loka) que circunda a terra e a compenetra, e que é a morada dos fantasmas.
  • OS GUARDIÕES E OS DESDOBRAMENTOS

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    A passagem da vida à morte, da qual ninguém pode livrar-se, e o novo retorno sobre a terra (reencarnação), são acompanhados, dissemos, da experiência decisiva, emocionantes e que merecem toda a nossa atenção: experiências que se chamam o encontro com o Guardião do Limiar(perdoai a repetição de certos conceitos e vocábulos).
     
    Mas independentemente da entrada e saída do além qual fenómeno fatal para todos, quem se prepara para uma voluntária conquista espiritual é submetido a experiências deste género, antes da libertação e da união com Deus.
     
    Os fenómenos de desdobramento que consideramos indispensáveis para conhecer, já no corpo físico vivente, o mundo que vos circunda e fazer-se uma coragem nova, comportando o encontro de certos Guardiões e do Guardião do Limiar. Por consequência é essencial doutrinar-se neste campo, sem jamais desunir a prática experimentação. Insistimos e insistiremos sempre sobre o aspecto experimental da via Húmida(Mística) e Seca (Iniciática), e vos falamos com o coração aberto porque as coisas que vos comunicamos já temos provadas. De facto, estes encontros com os Guardiões, o Irmão Rajkunda teve-o diversas vezes, e pode dar amplas descrições por experiência vivida. Portanto a nossa exposição não é só um noticiário apoiados sobre dados tradicionais e sobre deduções, mas a resultante de uma experiência verdadeira de homens vivos sem medo.
  • O LIMIAR DO MISTÉRIO E OS SEUS GUARDIÕES

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    A estrutura de toda a criação oferece, à primeira vista, a impressão de uma gigantesca máquina pronta a largar e a reamadrilhar quem se aventura não preparado e não aguerrido ao lado de lá do “Limiar do Mistério”.
  • O Mau Guardião

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    O caminho evolutivo normal conduz fatalmente, pelas leis da natureza, a encontrar-se com o Guardião, a deste encontro se devam portanto tirar as vantagens derivantes do conhecê-lo e evitar as agressões, como o soldado na noite nos campos de batalha; para alem disso, o caminho evolutivo acelerado, vivido com a preparação iniciática, antes ou depois de se encontrar face a face com os Guardiões, e neste caso a vantagem é superior respeitante a quem caminha deixando-se arrastar pela corrente da evolução cósmica.
  • Os dois Anjos Guardiões: o Espirito da Equidade e o Espirito da Iniquidade.

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    Os Guardiões podem ser irreais, ou de energia ou melhor de uma substância elemental, e espiritual. Estes últimos são indicados no cap. III do manuscrito Regras da Comunidade essena do Mar Morto, descoberto na gruta de Qonram. Eis o texto que a nós interessa: “De Deus pela consciência provem tudo aquilo que é e que será. Antes que os homens existissem Ele estabeleceu um Plano para ele. E esses existem em conformidade ás Suas Leis e em conformidade ao Seu Glorioso propósito, esses executam a sua tarefa e nada pode ser mudado. Estão nas suas mãos as Leis de Tudo que Ele sustem em todos as alterações. Ele criou o homem para dominar sobre o mundo e os alegou dois espíritos com os quais deve proceder até ao tempo da Sua visitação: esses são o Espirito da Equidade e o Espirito da Iniquidade.
  • DEFINIÇÃO ESOTÉRICA DO “CORPO DA RESSUREIÇÃO”

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    No “Credo Apostólico” existe uma expressão que á primeira vista lembra inaceitável para a mentalidade positiva ordinária, mas examinada á luz do esoterismo, ou seja do Cristianismo integrale portanto da doutrina do “Guardião do Limiar”, torna-se uma grande verdade: “ Creio...na ressurreição da carne, a vida eterna. Amem
     
    Este passo – ressurreição da carne – merece toda a nossa atenção porque se trata da escatologia e do “corpo da ressurreição”, ou seja do fim do mundo como ciclo cósmico e do destino dos homens. Quem não é o caso de citar as numerosas obras dos Padres e os passos do evangelho a testemunha da revelação sobre a ressurreição de todos os corpos dos mortos bons e maus no fim dos tempos, para ser ajudados por Jesus Cristo e receber o prémio ou o castigo eterno.
     
    No Velho Testamento a Revelação desta verdade é progressiva, mas após a vinda de Cristo o fenómeno da ressurreição dos corpos, ou seja o reajuntamento, pela virtude divina, da parte inferior do composto humano com a alma imortal(Ego), é declarada com a mesma sentença de Mateus,22:23-32, Lucas,20:27, Actos.4:1-2, Actos,23:8.
     
    Jesus define também as propriedades e dotes destes corpos, nos termos: “Á ressurreição...não se esposa nem se casa, mas se é como anjos de Deus no céu.” No mistério da ressurreição da carne, é dos corpos da ressurreição, dos Guardiões do Limiar que se fala, e que são a mesma coisa.
     
    O Ego dos indivíduos retomaram estes corpos subtis, elementais, quando houver o Juízo final: corpos que para os Iniciados do Alto serão belos, harmoniosos, luminosos de uma luminosidade gloriosa, mas disformes, horrendos de uma luminosidade sinistra, patológica, para o Ego surpreendido pela morte e pela ressurreição quando se encontravam ainda no estado pouco evoluído, malvado, dos horrores e das trevas.
  • A criação do Guardião

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    A criação do Guardião é uma coisa séria, porque este pode ser feito espelhando-se em Deus ou espelhando-se na parte oposta. No primeiro caso é a salvação e a felicidade; no segundo é a dor e a perdição.
  • O NARCISISMO E A LUTA ENTRE OS GUARDIÕES

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    Deus é amor, Deus é pessoa, não abstracta hipóteses, e chama a si todos, e todos nem percebem pelo menos alguma vez o reclamo do infinito. Somos chamados quando, peregrinos sobre a terra, perdemos o nosso tempo em direcção ás coisas banais, á qual frequentemente damos a importância que não têm. Somos chamados no hora da morte; somos chamados quando vagueamos no mundo dos trespassados (mortos)e tentamos reentrar na terra, como único lugar de existência possível. Mas nós não estamos mais livres para auscultar o chamado celeste, nem temos um ouvido eficiente para sentir o santo assobio, porque nos fizemos escravos do narcisismo, do egocentrismo, do egoísmo.
  • A CRIAÇÃO HUMANA DO PEQUENO GUARDIÃO COMO ENTE DO BEM E DO MAL

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    Deus, Uno e Trino tem criado a Humanidade á sua imagem e semelhança espiritual, mas o homem e a mulher tem criado, no curso das suas numerosas reincarnações físicas e nos estados intermédios dos diversos mundos, um corpo, uma imagem, um reflexo do seu próprio com a cooperação dos dois Anjos indicados por Deus: o Anjo bom e o Anjo mau, dos quais temos já escrito referindo-vos ao texto dos Essénios sobre Regras da Comunidade, encontrado em Qunram nas proximidades do Mar Morto, e referindo-vos também a outros passos escriturais.
  • O LABIRINTO DOS SONHOS E A VIGIA PERENE

    TOMMASO PALAMIDESSI

    O LABIRINTO DOS SONHOS E A VIGIA PERENE

    Trigésimo oitavo Caderno

Contacta-nos

Para entrar em contato com Arqueosófica, por questões relativas à atividades ou ao material da escola, pode deixar uma mensagem aqui. Adere á Arqueosófica e difundam a Arqueosofia para a salvação daquilo que na actual sociedade mundial é ainda possível salvar.