fenómeno rabdico

  • AS MARAVILHAS DA RADIESTESIA

    TOMMASO PALAMIDESSI

    AS MARAVILHAS DA RADIESTESIA

    Experiências com o pêndulo psicométrico que discerne, encontra, identifica pessoas e coisas mesmo que muito distantes. Pesquisas radiestésicas sobre a constituição oculta de cada pessoa e as almas dos defuntos.

    Quadragésimo sexto Caderno

  • Radiopsicónica, o fenómeno rabdico controlado

    T. Palamidessi TORNAR-SE MÉDIUM A ALTO NÍVEL ULTRAFÂNICO

    Para certas pesquisas, que não são ultrafânicas nem proféticas mas igualmente grandes, existe a radiopsicónica coadjuvada para instrumentos funcionantes sobre a base magnéto-eléctrica e biopsiquica, que oferecem resultados certos e experiências repetiveis em qualquer em qualquer momento sem ascese.
     
    Se trata, em ultima análise, do fenómeno rabdico controlado cientificamente para obter as seguintes informações:
    1.  se um Ego está ainda no além ou reencarnado;
    2.  se o Ego de uma pessoa notável está reencarnado sobre a terra ou em outro planeta;
    3.  se está residente no limbo;
    4.  se está ainda em estado de sono;
    5.  se está num estado de consciência de despertar do sono da morte;
    6.  se está no Purgatório ou mundo dos espíritos atormentados que aspiram ao bem;
    7.  se, se encontra no Paraíso ou céu dos puros;
    8.  se está destinado ao inferno;
    9.  se está entre os Demónios titâticos;
    10.  se está em Deus.
    A radiopsicónica instrumentalpermite também fazer das buscas, com respostas precisas, sobre a autenticidade ou falsidade de notícias e documentos históricos, para um severo controlo dos desenvolvimentos de uma tradição escrita, de natureza, no nosso caso, religiosa e filosófica.
     
    A radiopsicónica é uma via prática para conhecer coisas ignotas, mas já acontecidos. Pode dar-se (vos diremos após uma indagação meticulosas) que permite também conhecer o futuro, como o permite a astrologia, mas sempre para acontecimentos destinados, ou seja Kármicos. Somente a profecia faz conhecer o futuro dos acontecimentos que Deus delibera independentemente pela ordem já fixada no Universo. A teologia da história ilustra o intervalo da Providência: a vontade de Deus que muda as coisas para o bem da Humanidade. Em tal caso, estes planos ou desígnios de Deus pode conhecê-lo o depositário do Absoluto, ou seja o profeta, o vidente.
     
    Como é possível á radiopsicónicaprecisar factos espirituais com métodos e instrumentos materiais, não é difícil de explicar. O homem é uma estação radioreceptora e transmissora, criado não idêntico a Deus, mas á imagem e semelhança. Ele é feito de matéria como o Universo, de energia com o todo, e a parte imortal, ou seja permanente (o espirito, a alma emotiva e o eros) é também de matéria inteligível primordial.
     
    Isto explica os intercâmbios entre o Ego e matéria corpórea, e entre estes com todas as coisas e as criaturas da criação. Aquilo que no homem se considera imaterial é pelo contrário material, se bem que de uma materialidade que confere aquela duração que nós chamamos imortalidade, eternidade, mas uma eternidade condicionada á vontade de Deus que a tem criada. O ficar eternos no sentido teológico é a condição de quem vive Teocentricamente.

Contacta-nos

Para entrar em contato com Arqueosófica, por questões relativas à atividades ou ao material da escola, pode deixar uma mensagem aqui. Adere á Arqueosófica e difundam a Arqueosofia para a salvação daquilo que na actual sociedade mundial é ainda possível salvar.