EXPERIÊNCIA MISTÉRICA DO SANTO GRAAL

  • A MULHER PREPARARÁ O ADVENTO DO ESPÍRITO SANTO

    T. Palamidessi QUEM É A MULHER E QUAL A IMPORTÂNCIA QUE TEM NA INICIAÇÃO ARQUEOSÓFICA

    Observamos através do estudo das "Escrituras Sagradas" o quanto seja responsável e importante cada mulher para o plano salvador de Deus. Solteira ou casada, em traje religioso ou não, ela tem sempre uma missão de educadora para desenvolver, mas diremos-lhe algo mais: todas as mulheres são importantes, porque a Igreja dos novos tempos espera o Consolador até antes da volta escatológica do Filho de Deus.
  • O Graal

    T. Palamidessi EXPERIÊNCIA MISTÉRICA DO SANTO GRAAL

    Sobre o Graalmuito foi escrito desde o séc. XII até hoje, a começar pelos romances da "Távola Redonda" e as lendas do ciclo cavaleiresco, até chegar a toda a crítica literária do período seguinte.
     
    Supuseram tratar-se de um objecto de culto religioso feito em ouro ou de outros materiais misteriosos, mais precisamente do Cálice usado por Jesus Cristo na sua última Ceia eucarística: o mesmo cálice que serviu a José de Arimateiapara recolher o sangue e a água do costado lesionado do Redentor.
  • EXPERIÊNCIA MISTÉRICA DO SANTO GRAAL

    TOMMASO PALAMIDESSI

    EXPERIÊNCIA MISTÉRICA DO SANTO GRAAL

    Influência do Avatar sobre o Corpo Iniciático de uma Ordem

    Caderno dezoito

  • O RITO ARQUÉTIPO DO CÁLICE

    T. Palamidessi EXPERIÊNCIA MISTÉRICA DO SANTO GRAAL

    O rito do Santo Graal(= Taça, segundo a língua sânscrita) é o Super Sacramento que se celebra no plano espiritual com palavras de consagração duma Potência Divina. Ele tem uma hierarquia iniciática “segundo a Ordem de Melquisedeque” que pode celebrar o rito num modo invisível à vista ordinária terrena, operante sobre o eros, sobre a alma e o espírito do homem, sustentada por uma cavalaria laica constituída por Iniciados: os Cavaleiros do Santo Graal.

  • Trindade Divina e o Mistério do Santo Graal

    T. Palamidessi EXPERIÊNCIA MISTÉRICA DO SANTO GRAAL

    O Mistério da continuidade sobre os planos superiores do Santo Graal, pode-se afirmar que sempre existiu desde o tempo em que a terra e a humanidade dele precisaram. Ele serve para estabelecer a harmonia, a soldadura, a adesão da trindade ao homem com a Trindade Divina. Cada indivíduo compõe-se de espírito, alma emotiva e eros, e o todo está junto no Ego.
  • A LENDA DO SANTO GRAAL E O REINO MISTERIOSO

     

    ALESSANDRO BENASSAI

    A LENDA DO SANTO GRAAL E O REINO MISTERIOSO

    As origens divinas da realeza

    São Galgano, 5 Agosto 1995

     

    INDICE GERAL

    1. AS ORIGENS DIVINAS DA REALEZA
    2. BHAGAVAD GÎTÂ E A DOUTRINA DO AVATÂR
    3. O FARAÓ, O REI DO ANTIGO EGIPTO
    4. O REI SACERDOTE BABILÔNICO
    5. A SOBERANIA DE MOISÉS
    6. O REI GUERREIRO DAVID
    7. REALEZA DE SALOMÃO
    8. A CONSAGRAÇAO DO REI DE FRANÇA
    9. RITUAL PARA A CONSAGRAÇÃO DO REI DA FRANÇA
    10. OS REIS MAGOS
    11. MELQUISEDEQUE
    12. O MESSIAS REI SACERDOTE
    13. COMENTÁRIO
  • RITUAL PARA A CONSAGRAÇÃO DO REI DA FRANÇA

    A. Benassai A LENDA DO SANTO GRAAL E O REINO MISTERIOSO

    Primeiro é preparado na catedral o trono do rei sacerdote colocado no centro do coro elevado em algumas etapas. O sábato que precede o domingo da coroação, um esquadrão de guardas do corpo especial do rei é enviado para a catedral para substituir os guardas comuns. Os guardas vão monitorar ininterruptamente noite e dia todas as portas da catedral, garantindo assim a proteção do Templo, o "espaço sagrado" fechado aos profanos e todos aqueles que não podem participar ou assistir ao mistério sagrado. O homem chamado a tornar-se rei deve depor a sua natureza humana para assumir aquela divina, em outras palavras, deve "nascer de novo".

  • A Santa Ampola de São Remi

    A. Benassai A LENDA DO SANTO GRAAL E O REINO MISTERIOSO

    A Santa Ampola é sem dúvida o objeto ritual mais importante e lendário. Isto é, de acordo com a tradição, continha um bálsamo perfumado com uma essência desconhecida, trazida milagrosamente do céu por uma pomba nas mãos de São Remi.

  • OS REIS MAGOS

    A. Benassai A LENDA DO SANTO GRAAL E O REINO MISTERIOSO

    Os Reis Magos, ou seja, reis sacerdotes, são três misteriosas personagens (“os seus corpos tinham assas”) que homenagearam o novo Rei Messias trazendo o dom das chaves do conhecimento arcaico (A história dos Três Reis, capitulo 47). Eles representavam uma ligação entre o fim e o início de um ciclo de manifestação.

  • MELQUISEDEQUE

    A. Benassai A LENDA DO SANTO GRAAL E O REINO MISTERIOSO

    Um misterioso personagem da Bíblia, Melquisedeque, rei de Shalem, a “cidade da paz”, a “cidade de Cristo” (cfr. Efésios 2:14), a Cidade Santa, a Celeste Jerusalém, morada de Deus Altíssimo, é o arquétipo perfeito da realeza sacerdotal.

    Ele é o Rei da Justiça, o invencível Rei Guerreiro que derrota o “rei do Caos” entregando-os a Abraão(Genesis 14:20) para restabelecer a Ordem, e o Gran Sacerdote Sacrificadorque abençoa e celebra o rito arquetípico oferecendo o cálice do pão e do vinho ao Abraão e a Sara

  • O MISTÉRIO DOS TEMPLÁRIOS

     

    ALESSANDRO BENASSAI

    O MISTÉRIO DOS TEMPLÁRIOS

    Segunda edição: Outubro 2000

  • as Cruzadas

    A. Benassai O MISTÉRIO DOS TEMPLÁRIOS

    "Mil e não além de mil" dizia a profecia... e sob esse vaticínio apocalíptico ameaçador estava terminando o primeiro milénio. Um longo período de depressão e de crise dos valores espirituais, acompanhado de fome, insegurança e medo, aterrorizou toda a cristandade. O período registou ainda uma alarmante regressão demográfica devida à crítica situação social: de quase 26 milhões estimados na época do nascimento de Jesus, a população reduziu-se a menos de 19 milhões de habitantes, na Europa. 

  • SANTO GRAAL A TRADIÇÃO ARQUEOSÓFICA

     

    ALESSANDRO BENASSAI

    SANTO GRAAL A TRADIÇÃO ARQUEOSÓFICA

    FLORENÇA, 1987

     

  • A etimologia da palavra Graal

    A. Benassai SANTO GRAAL A TRADIÇÃO ARQUEOSÓFICA

    O Graal ou Taça na língua sânscrita é o Grahada raça indoariana, a raça guerreira (da Aries = Marte) que há milhares de anos estava localizada numa região nórdico-boreal, da qual o Svalbard e a Grunelândia, a terra verde, são antigas ruínas. A etimologia da palavra Graal revela um significado íntimo que pode ser útil para esclarecer o mistério que a envolve. 

  • O Graal e a Terra Verde

    A. Benassai SANTO GRAAL A TRADIÇÃO ARQUEOSÓFICA

    A etimologia da palavra Graal revela um significado íntimo que pode ser útil para esclarecer o mistério que a envolve. A mesma raiz encontra-se nos termos alemãs GRUN e GRUND e nas anglosaxónicas GREENe GROUND, que são traduzidas, respectivamente: VERDE, com o significado de vigor e juventude; e TERRA, base, fundamento.

  • A Lenda Do Santo Graal E O Reino Misterioso

  • O Mistério do Templários

Contacta-nos

Para entrar em contato com Arqueosófica, por questões relativas à atividades ou ao material da escola, pode deixar uma mensagem aqui. Adere á Arqueosófica e difundam a Arqueosofia para a salvação daquilo que na actual sociedade mundial é ainda possível salvar.