Avatâr Jesus

  • DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO DE ARQUEOSOFIA

    TOMMASO PALAMIDESSI

    DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO DE ARQUEOSOFIA

    Quadragésimo Caderno

  • O SACERDÓCIO UNIVERSAL DOS FIEIS E O SACERDÓCIO DOS INICIADOS

    T. Palamidessi OS OBJECTIVOS DA ORDEM INICIÁTICA LÓTUS+CRUZ

    Com a descida do Salvador no mundo uma nova força foi infusa em cada crente, a vida da graça, princípio de vida eterna, interrompida quando o primeiro tronco da humanidade afastou-se de Deus.
  • Jesus, ressurreição e a reencarnação

    T. Palamidessi A MEMÓRIA DAS VIDAS PASSADAS E SUA TÉCNICA

    Entre os discípulos de Nosso Senhorexistia a convicção que um indivíduo podia ter pecado antes de nascer, ou seja numa vida anterior. O confirmam alguns discursos referidos nos Evangelhos. Pelos sequazes de Cristo e para aqueles que estavam instruídos nas coisas espirituais, os mortos podiam voltar a viver na terra, e em corpos e circunstâncias conformes à lei de compensação.
  • O CAMINHO EVOLUTIVO SEGUNDO O CRISTIANISMO ESOTÉRICO

    T. Palamidessi OS GUARDIÕES DO LIMIAR E O CAMINHO EVOLUTIVO

    Os “Guardiões do limiar” são as aparições sintomáticas que indicam as características do caminho evolutivo de uma consciência e assinalam a que ponto desta evolução interior se encontra um indivíduo.
  • O Messias Mulher

    T. Palamidessi EXPERIÊNCIA MISTÉRICA DO SANTO GRAAL

    De que forma é possível que o Ser Supremo, eterno e infinito, se encarne num ser humano feito de limitações, é fácil de compreender se assumirmos o Messiascomo um cavaleiro escolhido do alto, penetrado por indução ou copresença da Ideia de Deus (o Verbo), que na mais recente encarnação foi Jesus Cristo.
  • AVATÂRA

    T. Palamidessi DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO DE ARQUEOSOFIA

    AVATÂRA: á letra quer dizer “ descida”, deriva da raiz da língua sancrita da Índia avatr. Corresponde ao conceito hindu e esotérico cristão de “incarnação” de Deus em forma diversa, alguns dos quais já apareceram ou se apresentam periodicamente para fins bem precisos da salvação humana. Então o Avatâra ou os Avatârsão os Messias, os Salvadores em consequência da ignorância e do pecado. Mas mais que incarnações de deus trata-se de corpos humanos escolhidos, nos quais insedia-se uma possante concentração de compaixão e misericórdia “presença espiritual especial divina”.

  • A LENDA DO SANTO GRAAL E O REINO MISTERIOSO

     

    ALESSANDRO BENASSAI

    A LENDA DO SANTO GRAAL E O REINO MISTERIOSO

    As origens divinas da realeza

    São Galgano, 5 Agosto 1995

     

    INDICE GERAL

    1. AS ORIGENS DIVINAS DA REALEZA
    2. BHAGAVAD GÎTÂ E A DOUTRINA DO AVATÂR
    3. O FARAÓ, O REI DO ANTIGO EGIPTO
    4. O REI SACERDOTE BABILÔNICO
    5. A SOBERANIA DE MOISÉS
    6. O REI GUERREIRO DAVID
    7. REALEZA DE SALOMÃO
    8. A CONSAGRAÇAO DO REI DE FRANÇA
    9. RITUAL PARA A CONSAGRAÇÃO DO REI DA FRANÇA
    10. OS REIS MAGOS
    11. MELQUISEDEQUE
    12. O MESSIAS REI SACERDOTE
    13. COMENTÁRIO
  • SANTO GRAAL A TRADIÇÃO ARQUEOSÓFICA

     

    ALESSANDRO BENASSAI

    SANTO GRAAL A TRADIÇÃO ARQUEOSÓFICA

    FLORENÇA, 1987

     

  • O GRANDE ARCANO DOS QUATRO EVANGELHOS

    T. Palamidessi COMENTÁRIO ESOTÉRICO AOS QUATRO EVANGELHOS

    Da leitura e estudo dos passos reportados neste fascículo, entenderão que o grande arcano dos Evangelhosconsiste nas artes subtis dos quatro Iniciados no expor á vida terrena e sobrenatural de Jesus, do nascimento á crucificação, com tantos e tantos episódios ( curas milagrosas, viagens missionárias, transmutação da água em vinho, multiplicação dos pães e dos peixes, ressurreição da tumba, etc.) que são simultaneamente factos históricos, ensinamentos morais, chaves de teologia ascética e mística, soluções de Alta Iniciação

  • A Predicação de Jesus Cristo

    T. Palamidessi COMENTÁRIO ESOTÉRICO AOS QUATRO EVANGELHOS

    predicação de Cristo se insere na tradição do hebraico com uma nova revelação e uma nova vida espiritual, que supera todas as precedentes, e surge no momento culminante da civilização grego-romana, meio milénio depois que Confucio tinha indicado á civilização chinesa as suas bases morais e o Buda tinha iniciado o seu colossal movimento espiritual que da Índia seria extenso a todo o Extremo Oriente. Se bem que o Cristianismo, talvez pelo seu nascer, apontasse com a sua universalidade até á Pérsia e a Índia, em menos de três séculos a sua afirmação chega ao Mediterrâneo.

Contacta-nos

Para entrar em contato com Arqueosófica, por questões relativas à atividades ou ao material da escola, pode deixar uma mensagem aqui. Adere á Arqueosófica e difundam a Arqueosofia para a salvação daquilo que na actual sociedade mundial é ainda possível salvar.