missão da mulher

  • A INICIAÇÃO PARA A MULHER E O ADEPTADO FEMININO

    TOMMASO PALAMIDESSI

    A INICIAÇÃO PARA A MULHER E O ADEPTADO FEMININO

    Segundo Caderno

  • A psicologia da mulher

    T. Palamidessi QUEM É A MULHER E QUAL A IMPORTÂNCIA QUE TEM NA INICIAÇÃO ARQUEOSÓFICA

    A psicologia da mulher é caracterizada pela profundidade e pela força do sentimento. Isto coincide com a sua inclinação à intimidade, à espiritualidade, ao ardente desejo de curar, de socorrer, de ser alguma coisa para os outros. É evidente que este dote pode ser colocado à disposição da vida religiosa própria e dos outros. Claro, mais do que qualquer outra, a religião cristã é rica em valores sentimentais.
     
    Somente a mulheré capaz de entender a importância profunda e delicada de algumas palavras. O homem, com o seu orgulho e o seu espírito combativo, corre o perigo de perder-se nos compromissos da luta pelos seus direitos, pelo posto na sociedade, pelas actividades exteriores, esquecendo que o primeiro trabalho deve ser cumprido na sua alma. O homem não pode doar-se completamente, não tem a capacidade de amar com a totalidade do seu ser. Cai facilmente em crise de fé e de moral. Ele, mais vezes e com mais facilidade, separa-se de Deus e da Igreja, torna-se vítima do cepticismo racional mais cedo do que a mulher.
     
    A mulher ama Deus com todo o seu ser, e por isso nem as crises espirituais de desconfiança podem desuni-la completamente de Deus. Também se temos tido São Francisco de Assis ou São Paulo como fenómenos sociais e religiosos, sem o elemento feminino teriam feito bem pouca estrada. O homem é impelido por natureza a conquistar tudo por meio da luta: a sua mulher, o seu pão quotidiano, a sua posição e até a liberdade de viver a sua vida religiosa. Mas se a mulher (e nisto é importante a Arqueosofia),à sua maravilhosa natureza religiosa, à sua grande capacidade de amar e de doar-se, à sua estupenda intuição do divino acrescentará o impulso criador, a vontade combativa pela afirmação da mensagem cristã, então o mundo será renovado de verdade, e as forças Arimánicas do materialismo serão paradas.
  • O Cristo e o culto único, Jesus e a Samaritana

    T. Palamidessi QUEM É A MULHER E QUAL A IMPORTÂNCIA QUE TEM NA INICIAÇÃO ARQUEOSÓFICA

    Cristo falou daquele culto único, daquela unidade transcendental de todas as religiões, não aos mestres de Israel, não aos homens, mas sim a uma mulher, a única capaz de entender certas subtilezas teológicas e a gigantesca importância delas. A Samaritana, mesmo definhada da bestial luxúria do homem, foi atingida e impressionada pelas palavras de Jesus e pela doçura afectuosa com que foram pronunciadas. E de facto, cheia de entusiasmo, correu para cidade de Samária para divulgar a notícia de que um homem desconhecido lhe revelou coisas novas e inexprimíveis.
  • ITINERÁRIO DA ASCESE FEMININA

    T. Palamidessi QUEM É A MULHER E QUAL A IMPORTÂNCIA QUE TEM NA INICIAÇÃO ARQUEOSÓFICA

    Pegar com força o Reino do Céu é um conselho que Cristo deu, e isto é o aspecto Iniciático do Cristianismo Esotérico. Esta conquista pressupõe uma viagem voluntária através dos inúmeros mundos que compenetram a terra, sobre a qual vós Mulheres habitam na qualidade de prisoneiras ou deusas em exílio. Para empreender esta emigração de libertação, que vos dará o modo para não se reencarnarem nunca mais sobre este planeta(a não ser para uma missão apostólica), deverão realizar um itinerário para dirigir correctamente os vossos passos, ultrapassar os perigos e as barreiras dos Guardas das Limiares e chegar até ao destino.

Contacta-nos

Para entrar em contato com Arqueosófica, por questões relativas à atividades ou ao material da escola, pode deixar uma mensagem aqui. Adere á Arqueosófica e difundam a Arqueosofia para a salvação daquilo que na actual sociedade mundial é ainda possível salvar.