Iniciador

  • DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO DE ARQUEOSOFIA

    TOMMASO PALAMIDESSI

    DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO DE ARQUEOSOFIA

    Quadragésimo Caderno

  • O Iniciador

    T. Palamidessi TRADIÇÃO ARCAICA E FUNDAMENTOS DA INICIAÇÃO ARQUEOSÓFICA

    A projecção de forças psicobiofísicas do Iniciadorao iniciando é a primeira condição para tornar possível a Iniciação Vertical, directamente do Alto pelas divinas energias.
  • Ascese Arqueosofica e Ascese integral

    T. Palamidessi TRADIÇÃO ARCAICA E FUNDAMENTOS DA INICIAÇÃO ARQUEOSÓFICA

    A Arqueosofia propõe uma Ascese integral, constituida,por outras asceses integradas, que enumeramos do modo como se segue:
    1. ASCESE FISIOLÓGICA E PSICOSOMÁTICA, para o bem-estar físico e o máximo equilíbrio e rendimento do corpo, das suas energias, com objectivo de fazer dele um templo do espírito: premissa necessária para preparar um bom karma(destino) com vista à "ressurreição do corpo" sadio e belo.
    2. Mulher como Iniciada e Adepta

      T. Palamidessi QUEM É A MULHER E QUAL A IMPORTÂNCIA QUE TEM NA INICIAÇÃO ARQUEOSÓFICA

      Nós estamos acostumados a avaliar a grandeza duma pessoa por aquilo que era e se tornou por meio do esforço pessoal e a ajuda de alguém. Um jovem que derrama sobre o corpo gasolina e transforma-se em tocha viva para despertar os compatriotas para que defendam a liberdade; São Francisco de Assis e Santa Claraque escolhem a pobreza e doam-se à ascese mística ajudando as outras pessoas; São Pauloe Joana D'Arc que enfrentam o martírio por um supremo ideal; Ipazia, Pitágoras, Santa Teresa de Ávila, Dante, Virgílio, Buda, Blawatsky e muitos outros, cada um deles tem algumas qualidades. Então, o Iniciado e a Iniciadareuném-se numa pessoa só, o melhor de todos eles.
    3. O MECANISMO DA INICIAÇÃO

      T. Palamidessi QUEM É A MULHER E QUAL A IMPORTÂNCIA QUE TEM NA INICIAÇÃO ARQUEOSÓFICA

      Quando um bom pedaço de aço entra em contacto com um íman, o aço torna-se magnético, torna-se por sua vez um íman. A Iniciação é, de certa forma, uma operação semelhante. O Iniciador ou a Iniciadora são o íman e o iniciando ou receptor é o aço, porque tal tem que ser a consistência de quem moralmente se temperou na ascese.
    4. GRAUS INICIÁTICOS

      T. Palamidessi DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO DE ARQUEOSOFIA

      GRAUS INICIÁTICOS: são das promoções aos graus superiores da perfeição, degraus de uma escala para subir ao Paraíso. Cada avanço comporta das provas que conduzem enfrente até á theosis (ver Theosis). A iniciação horizontal (ver voz) é de três graduações (ver Iniciação humana de 1º, 2º e 3º grau).

    5. INICIAÇÃO ARQUEOSÓFICA

      T. Palamidessi DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO DE ARQUEOSOFIA

      INICIAÇÃO ARQUEOSÓFICA: é a mais eficaz entre as iniciações que uma pessoa humana física possa dar a uma outra pessoa de ambos os sexos. Essa é uma iniciação horizontal(ver termo), ou seja humana. As suas características são tais pelo qual os seus princípios são válidos para todas as confissões religiosas em conformidade ao princípio da unidade transcendente das Religiões.

    6. INICIAÇÃO CRISTÃ

      T. Palamidessi DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO DE ARQUEOSOFIA

      INICIAÇÃO CRISTÃ: os três sacramentos maiores- baptismo, crisma e eucaristia- são ligados em conjunto num só acto que se chama a “Iniciação Cristã”. Essa garante a aproximação á Arvore da Vida, proibida á humanidade decaída e novamente permitido com o sacrifício do Redentor. O neófita(ver termo) ou quem tem recebido a Iniciação, é considerado uma planta apenas nascida que deve tornar-se uma arvore; ele recebe o selo de pertença ao povo de Deus juntado em Cristo que vive no novo eone-eucaristia (ver eone-eucaristia). Aqueles que não foram ainda iniciados a Cristo, pediam a S.Pedro que coisa deviam fazer.

    7. O Baptismo

      T. Palamidessi DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO DE ARQUEOSOFIA

      baptismo é um “banho de eternidade”. O termo significa imersão, mergulho, descida na água. A água baptismal tem o valor sacramental do sangue purificador de Cristo, e a Cruz da Ascese e dos meios desta Ascese coloca-se de tal modo ao início da vida nova, a vida de retorno ao Paraíso após a longa caminhada de reencarnação em reencarnação. 

    8. INICIAÇÃO EM GERAL

      T. Palamidessi DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO DE ARQUEOSOFIA

      INICIAÇÃO EM GERAL: do latino in-eo = entrar no interior(daqual initium, início, iniciar). No sentido sagrado significa ser admitido entre os participantes de um dado grupo religioso. A iniciação é um rito (ver termo) que efectua e consagra a passagem de um grupo de indivíduos, ou de um só, de uma condição á outra da vida interior, e para a precisão do mundo profano(ver termo)àquela sagrada. Nos grupos primitivos conta muito o conjunto dos ritos que introduzem o jovem ou a jovem na sociedade dos adultos.

Contacta-nos

Para entrar em contato com Arqueosófica, por questões relativas à atividades ou ao material da escola, pode deixar uma mensagem aqui. Adere á Arqueosófica e difundam a Arqueosofia para a salvação daquilo que na actual sociedade mundial é ainda possível salvar.