OITAVA

  • TRATADO DE MÚSICA E MELURGIA ARQUEOSÓFICA

    TOMMASO PALAMIDESSI

    TRATADO DE MÚSICA E MELURGIA ARQUEOSÓFICA

    Do Caderno vigésimo nono

  • Música e os Mistérios

    Tommaso Palamidessi, TRATADO DE MÚSICA E MELURGIA ARQUEOSÓFICA

    O canto e a música das escolas mistéricas pre-cristãs e cristãs não era e não podia ser litúrgico, ou seja destinado ao culto popular de Deus, mas “melurgico”, portanto reservado para aqueles que se sentiam a praticar a ascese até às mais excelsas consequências: a união mística. Em tudo isto a escola catequista de Alexandria do Egipto, Cesareia da Palestina, conheceu desenvolvidos notáveis que tais se mantiveram por muitos séculos.  Neste tipo de música foi instruído S. Gregorio o Taumaturgo, discípulo de Orígene, ele próprio organista e compositor assim como tocador de citara.

  • Música nos Mistérios Antigos

    Tommaso Palamidessi, TRATADO DE MÚSICA E MELURGIA ARQUEOSÓFICA

    O termo Música deriva das Musasque segundo o mito Órfico e Eleusino presidiam ao canto, à poesia, à musica, à dança, à astronomia e outros campos úteis à edificação física, moral e espiritual do homem. O seu numero, sabemo-lo, era de nove.

    Os Gregos comparavam os pequenos Mistérios com a Música, os grandes Mistérios com a filosofia. Aristide Quintiliano em De Musica, III, p. 165 escreve: “A música e a filosofia são neles próprios análogos como os pequenos e os grandes mistérios”.

  • AS HARMONIAS ETERNAS DE DEUS E OS RITMOS DA ALMA HUMANA

    Tommaso Palamidessi, TRATADO DE MÚSICA E MELURGIA ARQUEOSÓFICA

    Oitava musical quer dizer intervalo de oito notas de DO a DO. Noutros termos se a frente de um piano forte abaixamos um após o outro as teclas, partindo de um DO qualquer, ao fim das notas DO, RE, MI, FA, SOL, LA, SI, encontraremos novamente o DO, seja partindo dos sons graves até os agudos ou vice versa. O ultimo DO, que completa a primeira oitava, serve simultaneamente como primeiro som de uma segunda oitava, onde cada um dos sons eleva-se com a mesma ordem e com a mesma denominação dos primeiros.

  • A OITAVA MUSICAL E O MISTÉRIO CRISTÃO DO OITAVO DIA

    Tommaso Palamidessi, TRATADO DE MÚSICA E MELURGIA ARQUEOSÓFICA

    A passagem dos números sonoros psíquicos (notas musicais interiores) aos números sonoros cósmicos que vêm do sétimo grau ascendente (SI) ao oitavo grau descendente(DO) segundo a gama musical, tem uma conexão com o “mistério do oitavo dia”.

    A teologia cristã assinala repetidas vezes este mistério com referimento à tradição dos símbolos numéricos.

  • PARA COMPREENDER AS LEIS CÓSMICAS DA OITAVA

    Tommaso Palamidessi, TRATADO DE MÚSICA E MELURGIA ARQUEOSÓFICA

     

    CONSIDERAÇÕES SOBRE LEIS DO TERNÁRIO E SEPTENÁRIO

    NA OITAVA MUSICAL DA ESCALA HUMANO – DIVINA

     

    Na obra de um iniciado de grande valor está escrito: “nós temos nos atributos divinos, o septenário infinito, a escala típica de septenário. Todos os septenários finitos foram criados à imagem daquele, esses não são qual o reflexo ou eco mais ou menos debilitado. E as analogias que existem entre todos estes  septenários e o modelo divino, oferecem-nos uma rica seara de observações para recolher”.

Contacta-nos

Para entrar em contato com Arqueosófica, por questões relativas à atividades ou ao material da escola, pode deixar uma mensagem aqui. Adere á Arqueosófica e difundam a Arqueosofia para a salvação daquilo que na actual sociedade mundial é ainda possível salvar.